Palmira López Pina. 4 de julio de 2021 (Torrent El Vedat-Residencia)

Palmira López Pina nasceu em Bañón, uma pequena aldeia de Teruel. O seu coração aragonês vibrava quando invocávamos a Virgem do Pilar e, com grande devoção e grande energia, lhe cantava o seu hino. Sob o seu manto, ela encontrou-se com Jesus, o Senhor da sua vida.

Muito jovem ainda foi destinada a Oran; posteriormente, em Barcelona-Gracia, viveu muitos anos encarregada do refeitório das alunas e da rouparia da comunidade, e mais tarde Zaragoza-Henrique de Ossó, onde viveu contente como sacristã da sua comunidade e da Paróquia. Tudo foi feito com cuidado e muita delicadeza. Quando começou a precisar de ajuda, foi destinado à nossa comunidade de El Vedat. Aquí, viveu feliz. Tinha 98 anos

Foi um presente para a nossa comunidade tê-la entre nós: alegre, divertida e, sobretudo, com um coração muito grande cheio de carinho por todos e de profunda gratidão. “Ela só sabe dizer palavras de afeto, palavras amáveis”, dissemos entre nós, muitas vezes.

Sempre disposta a ajudar, oferecia-se, quando ainda podia, para qualquer serviço de costura, e no tempo restante gostava de ler e reler as cartas do Nosso Padre. O seu livro de “capas verdes” tinha-o sempre à mão.

A Companhia foi para ela o grande presente que Jesus e sua Teresa lhe deram. Para nós fica o seu carinho e a certeza de que intercederá por todas diante de Jesus.

Damos graças a Deus pela sua vida!

Share on facebook
Share on twitter
X