Celebração comunitária – Residência S. Sebastião

No passado sábado, 25 de maio, na comunidade de S. Sebastião Residência, teve lugar uma maravilhosa celebração, na qual 17 irmãs da comunidade receberam de forma voluntária e com plena consciência, o sacramento da Unção dos Doentes.

Em datas anteriores, as irmãs Socorro Otazu (epd) e Mª Dolores Ibarguren, também o receberam durante a celebração da Eucaristia na nossa capela, com a presença da comunidade.

Naquele momento, o nosso capelão, D. José António Pagola, fez uma pequena catequese sobre o sentido deste Sacramento e a renovação do mesmo enquanto às normas litúrgicas da Igreja, que propunham que a recepção se celebre quando a pessoa está em condições de recebê-lo por vontade própria, com a sua participação pessoal e, a ser possível, acompanhada da comunidade dos crentes, à qual pertence.

Assim pois, dadas as condições de saúde e idade das irmãs da nossa comunidade, a proposta de pôr em prática esta visão do Sacramento foi acolhida com agradecimento por muitas irmãs.

Foi uma celebração simples e solene, na Eucaristia comunitária.

A primeira leitura que escutámos, da carta de S.Tiago, recomenda que quando há um doente, a comunidade reze por ele, seja ungido com o óleo sagrado para que recupere a saúde, lhe sejam perdoados os pecados e receba a força e a consolação do Senhor. Estas palavras ajudaram-nos a unirmo-nos todas e a viver o sentido profundo comunitário.

As palavras do Pe. José António Pagola foram iluminando cada um dos momentos, e assim, cada irmã recebeu a unção na testa e nas mãos com muita devoção.

Na nossa comunidade, experimentamos com agradecimento o que dizem as nossas Constituições: “Partilhamos o que somos e vivemos de acordo com a situação e etapa da vida de cada uma, apoiando-nos e orando umas pelas outras. Acompanhamos com amor e particular atenção as irmãs idosas e doentes”. (Art.º 23)

Share on facebook
Share on twitter
X